Parede em Drywall: Entenda Como Usar e os Benefícios

Você está construindo ou reformando? Nessa hora, várias complicações podem surgir e gerar dor de cabeça, não é mesmo? Pois nem sempre precisa ser assim!

Se quer um produto que garanta rapidez, resistência e facilidade na instalação, você precisa conhecer mais sobre o drywall/parede de gesso. Para isso, acompanhe esse post e descubra o que ele é, como e onde pode ser utilizado, quais cuidados devem ser tomados e as principais vantagens dessa opção!

O que é o drywall/parede de gesso?

Usado para substituir a parede de alvenaria, o drywall é uma chapa composta por miolo de gesso e face de papel cartão. Em certos casos, ainda pode apresentar enchimentos de lã, para melhorar o isolamento térmico e acústico.

Atualmente, existem três tipos de drywall, com diferentes funções:

  • a chapa branca (ST) é recomendada para forros e ambientes secos;
  • a rosa (RF) é resistente ao fogo;
  • a verde (RU) é indicada para áreas úmidas.

Como e onde a parede em drywall pode ser utilizada?

Devido à sua versatilidade, você pode utilizar a parede em drywall em qualquer ambiente da casa, bastando apenas utilizar a chapa correta. Para salas, quartos, corredores ou divisórias internas de ambientes, por exemplo, pode ser usada a branca.

Em certas paredes da cozinha, como aquelas próximas a fogões, fornos e cooktops, o ideal é utilizar a rosa, devido à sua resistência ao fogo. O mesmo vale para áreas de lareira e churrasqueira. Já em banheiros, lavabos, lavanderias e áreas de serviço, é recomendada a verde, por ela resistir à umidade.

Além disso, essa tecnologia também pode ser utilizada em forros e para confeccionar nichos ou prateleiras. Nesses casos, ele funciona perfeitamente para criar diferentes níveis no teto e nas paredes, gerando efeitos de profundidade e conferindo muita elegância ao ambiente.

Quais são os cuidados necessários?

O primeiro cuidado necessário é observar sua estrutura antes de pendurar objetos ou fixar móveis e bancadas — afinal, eles suportam até 10 kg/m². Para além desse peso, é necessário usar reforços e distribuir cargas em seu interior, o que pode ser feito por pedaços de madeira e chapas metálicas.

Recomenda-se também o uso de buchas especiais para determinados eletrodomésticos e armários. Porém, com os cuidados necessários, ele pode suportar até bancadas de pedra, TVs grandes e outros objetos pesados.

O segundo cuidado diz respeito aos ambientes úmidos. Apesar de as chapas verdes serem resistentes à água, é importante aplicar-lhes um revestimento. Para isso, coloque cerâmica, porcelanato ou pastilhas. Também pode ser interessante utilizar uma tinta antimofo.

Por fim, após a instalação das paredes e dos móveis, caso seja necessário algum reparo o procedimento é simples.

Devido à facilidade de cortar essas paredes, quase nenhuma sujeira é feita e o mesmo pedaço extraído pode ser colocado novamente. Assim, nunca mais você vai ter dor de cabeça na hora de precisar mexer no sistema hidráulico ou elétrico!

Quais são as suas vantagens?

Vejamos agora algumas das principais vantagens da parede em drywall em relação às paredes de alvenaria:

  • preço ótimo custo-benefício, pois costuma deixar a obra em torno de 10% a 15% mais barata;
  • rapidez não necessita de uma construção de base, como ocorre na alvenaria. Além disso, o produto é leve e apresenta facilidade de corte, o que garante muita agilidade na aplicação e reduz o tempo total da obra;
  • facilidade— permite esconder instalações elétricas e hidráulicas em sua estrutura interna. Após sua aplicação, a manutenção é simples, pois pode-se recortar um trecho da parede e recolocá-lo facilmente;
  • versatilidade permite criar divisórias, painéis e forros de diversas formas e espessuras, o que dá um toque moderno e elegante à sua casa;
  • conforto térmico e acústico — com o enchimento de lã, é possível deixar o ambiente com a temperatura ideal e isolado dos demais sons;
  • sustentabilidade — não agride o meio ambiente.

Enfim, como vemos, o drywall/parede de gesso é uma ótima alternativa para sua casa! Só não se esqueça de fazer um planejamento, comprar um produto de qualidade e contratar o profissional certo para que tudo seja aplicado corretamente.

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *